Os riscos do Coronavírus para os fumantes

0 22 maio 2020

A convite da OMS, um grupo de especialistas em saúde pública fez uma análise de estudos já publicados em relação à covid-19 e ao tabagismo, onde foi constatado que os fumantes possuem maior probabilidade de desenvolver as doenças graves e as complicações da infecção de maneira mais grave em comparação com os não fumantes, incluindo um maior risco de óbito.

O tabaco é responsável por diferentes tipos de inflamações em nosso corpo, e prejudica os mecanismos de defesa do organismo, de acordo com o INCA. Assim, os fumantes têm maior risco de infecções por vírus, bactérias e fungos e são acometidos com maior frequência por infecções como sinusites, traqueobronquites, pneumonias e tuberculose. Devido a um possível comprometimento da capacidade pulmonar, o fumante possui mais chances de desenvolver sintomas graves da doença.

O Brasil é um país que já alcançou enormes avanços em relação ao controle do tabagismo através de leis nacionais de fumo em ambiente fechado, e ter o tratamento já disponibilizado na atenção básica. Porém, ainda temos uma grande população de fumantes no país. Então o controle torna-se cada vez mais importante não somente porque o tabagismo é um importante fator de risco para DCNTs, mas pe