HPD de Olho no Glaucoma

De acordo com a Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG), mais de dois milhões de Brasileiros a partir dos 40 anos têm glaucoma. Dentre esta pesquisa, observou-se que 41% dos entrevistados não sabem o que é a doença.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam o glaucoma com a segunda maior causa de cegueira do mundo.

O glaucoma é uma doença nos olhos que se caracteriza por um aumento da pressão intraocular ou por uma fragilidade do nervo ótico.

O tipo mais comum do glaucoma é o glaucoma de ângulo aberto que não causa nenhuma dor, nem nenhum outro sintoma que possa indicar o aumento da pressão intraocular. Já o glaucoma de ângulo fechado, que é o tipo menos comum, pode causar dor e vermelhidão nos olhos.

A doença é muito perigosa, pois, na sua fase inicial, ela não apresenta sintomas, por isso é tão importante a realização de exames de rotina completos. Procurar um oftalmologista regularmente é a única maneira de ter um tratamento eficaz.

Existem fatores de risco que funcionam como alertas: pessoas acima dos 40 anos, portadores de miopia de alto grau, com hipertensão arterial, diabetes e pessoas com histórico na família.

O cuidado com a visão deve ser constante. Agende hoje mesmo uma consulta no Centro de Referência em Oftalmologia do HPD, que é o único da região Norte a ter a chancela do Zeiss Diagnostic Center, líder mundial na óptica e optoeletrônica, e faça o exame completo, incluindo a medida da pressão intraocular, gonioscopia e exame do fundo de olho. Exames complementares também são necessários, dentre eles, o teste de campo visual, tomografia de coerência óptica (OCT) do nervo óptico, retinografia e paquimetria.


Serviço:

3084-3000 📲 (WhatsApp ou ligações)

📍 Travessa Mauriti, Bloco B, 1º andar